Publicador de Conteúdos e Mídias

30.06.20

Klabin participa de Corrente do Bem para apoio a catadores de materiais recicláveis

Por meio de Campanha realizada pelo aplicativo Ribon, a Companhia dará continuidade à ação iniciada pela Tetra Pak

São Paulo, 30 de junho de 2020 - Desde o início da pandemia, a Klabin tem acompanhado
com atenção a situação dos catadores de materiais recicláveis, que integram um setor que foi
fortemente atingido pela crise causada pela pandemia de Coronavírus. Ao longo dos últimos
meses, a Companhia realizou diversas ações com o objetivo de garantir renda mensal, neste
período, para esses profissionais. Para ampliar ainda mais o alcance de suas iniciativas, a Klabin
aceitou o convite da Tetra Pak para formar uma Corrente do Bem, alavancada pela startup de
impacto social Ribon.  

Até o final de julho, os usuários do aplicativo Ribon podem apoiar os catadores de materiais recicláveis assistidos pela ONG Pimp My Carroça. A continuidade do financiamento dessa Campanha pela Klabin garantirá apoio financeiro por mais um mês para 250 profissionais dessa categoria.

A ação é totalmente realizada no aplicativo da Ribon. Nele, as pessoas podem interagir e
realizar doações de moedas virtuais, chamadas de ribons, para a causa dos catadores de
materiais recicláveis. Para obter e acumular as moedas, basta que o usuário acesse o app, leia
os conteúdos disponíveis na plataforma e direcione suas doações virtuais para as causas
escolhidas. O objetivo é conectar as pessoas por meio de histórias e gerar impacto social
positivo.

Apoio aos catadores de materiais recicláveis

A Campanha de apoio aos catadores de materiais recicláveis por meio do aplicativo Ribon
complementa as iniciativas já realizadas pela Klabin. Junto à organização Pimp My Carroça, a
Companhia tem contribuído para garantir renda mínima aos mais de três mil catadores
associados que atuam em âmbito nacional, além de disponibilizar máscaras do Projeto
Contagiando Sorrisos a estes profissionais. A empresa apoiou, ainda, a Associação Nacional dos
Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT), que disponibilizou cartões de
alimentação aos catadores dos estados de São Paulo, Pernambuco e Amazonas. Em Imbaú e
Telêmaco Borba, no Paraná, a Klabin destinou 190 toneladas de papel de refugo para
abastecimento de associações e cooperativas de reciclagem.